.

"Quem dera se por um descuido, Deus te fizesse eterno..."

terça-feira, 24 de maio de 2011

Photobucket

Mostrei minha obra prima às pessoas grandes e perguntei se o meu desenho lhes dava medo. Responderam-me “Por que um chapéu daria medo?” Meu desenho não representava um chapéu. Representava uma jibóia digerindo um elefante. Desenhei então o interior da jibóia, a fim de que as pessoas grandes pudessem entender melhor. Elas têm sempre necessidade de explicações detalhadas.”

58 comentários:

  1. Olá e ai como vai?
    Belo texto.
    Seria tão facil se as pessos não complicassem as coisas....
    Beijos e uma excelente semana Hellen :)

    ResponderExcluir
  2. Florzinha, realmente as pessoas tem necessidade de entender tudo, de analisar tudo, quando há coisas que não é necessário que entenda-se. Ah O Pequeno Príncipe é clássico!!!!

    Menina, não sei porque está acontecendo isso, dei até uma olhada nas configurações, mas não vi nada que falasse disso :/ estranho!

    bjo grande pra vc ;)

    ResponderExcluir
  3. As vezes o simples é bem mais sereno,,,mas temos o dom de complicar a vida....grande beijo de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  4. Adoro O Pequeno Príncipe!!!!
    Sei que gente grande perde a sensibilidade para pequenas e detalhadas coisas...



    Beijos, beijos querida!

    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. O pequeno principe me lembra coisas passadas...
    Muito bom esse trechinho...
    :D
    bOM dIa

    ResponderExcluir
  6. Menina querida, alterei umas configurações lá que a Cris do cafofo me disse pra fazer, acho que deve estar normal agora. Valei por avisar ;)
    bjbj

    ResponderExcluir
  7. E mesmo assim por muita das vezes continuam sem entender. É mais cômodo tirar suas próprias conclusões do que buscar a verdade!

    beijos moça!

    ResponderExcluir
  8. Às vezes, o que fazemos causa uma visão equivocada nas pessoas sobre nossa intenção, pois consideram mais fácil ver apenas o óbvio.
    Abç com carinho e uma ótima terça.

    ResponderExcluir
  9. O ser humano sobrecarrega as pessoas com infinitas cobranças, muitas vezes sem sentido.
    Beijos querida!
    Paz e Bem.

    ResponderExcluir
  10. Oi
    temos muitos amigos em comum , resolvi entrar ,linkar e me aproximar mais.Leio seus comentários mas só nao basta ... rs precisei vir apreciar a beleza dos seus pensamentos aqui também, mais de pertinho.
    ..." sem explicações detalhadas "ok? rs
    está lindo o post e a leveza do blog.Parabéns.
    Adorei.
    um abraço

    ResponderExcluir
  11. O Pequeno Príncipe é sempre perfeito. Cada trecho traz ensinamentos incríveis, que se fossemos seguir, a vida seria bem mais simples e bem melhor de se viver.
    Como ele diz: "O essencial é invisível aos olhos." PERFEITO!!!
    Bju, Hellen.

    ResponderExcluir
  12. Seriam eles, os adultos? A criança vê a beleza viva, nós, definições engaioladas em ideias e palavras.

    ResponderExcluir
  13. Oi linda!!!
    Encantando como sempre!!!


    ...As pessoas estão tão acostumadas a pensar automaticamente sobre as coisas... que as vezes não são capazes de reparar como são belas as simples coisas da vida!!!

    coisinhasdalayne.blogspot.com

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Pensar é sair da acomodação,

    Dai a necessidade de querermos tudo mastigado

    ResponderExcluir
  15. ÓTIMA POSTAGEM!!!!
    TEM SELINHO NO BLOG PARA VOCÊ:
    http://amorimortall.blogspot.com/2011/05/selinhos_24.html
    ESPERO QUE GOSTE DO PRESENTE!!!
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Hellen, lembrei do velhinho Maneco qdo li seu post:

    "O rio que fazia uma volta atrás de nossa casa
    era a imagem de um vidro mole que fazia uma
    volta atrás de casa.
    Passou um homem depois e disse: Essa volta
    que o rio faz por trás de sua casa se chama
    enseada.
    Não era mais a imagem de uma cobra de vidro
    que fazia uma volta atrás de casa.
    Era uma enseada.
    Acho que o nome empobreceu a imagem."
    (Manoel de Barros)

    a mania de ter nome e explicação pra tudo faz a vida perder certos encantos.

    Um beijo, amadinha!!

    ResponderExcluir
  18. minha lindaaa. como isso aqui ta fofo...
    belo post,e linda musica essa que ta tocando aqui viu....amooo Lifehouse...
    bjãOOOOO

    ResponderExcluir
  19. eu definitivamente AMO esse livro, ele trás uma lição linda*-*
    adorei a passagem
    bjos fofa

    ResponderExcluir
  20. Nossa, amore, aki nao aparece nenhuma mensagem de malware nao =/
    eu uso o mozila firefox e nao ha problema algum...
    aiinnn.. e agora?
    espero q vc consiga postar.

    BeijoS NegroS^^

    ResponderExcluir
  21. Oi HEllen vim espiar o seu cantinho é super charmoso adorei tudo por aqui
    bjinhos e estou seguindo de volta ;)

    ResponderExcluir
  22. Oi flor !! Adorei !!!
    Porque será que complicamos tudo mesmo ...
    A simplicidade é o último grau da sabedoria ...
    Bjokas,
    SIL

    ResponderExcluir
  23. Hellen
    Que cantinho mais lindo, a música também é tudo de bom. Saudades... Voltando de um fim de semana super prolongado e tentando colocar a vida de blogueira em dia.
    Amei o post. Essa frase do Exupèry é demais. Beijos com muito carinho e uma semana linda pra você!

    ResponderExcluir
  24. Fantástico Hellen!.. Parece que o complicar faz parte das pessoas!

    Beijocas super em seu coração...
    Verinha

    ResponderExcluir
  25. Dia desses ainda tava questionando o por quê das pessoas quererem saber os porquês, principalmente aqui que as pessoas parecem completamente providas apenas da lógica....

    O Pequeno Príncipe é meu livro de cabeceira, lindo Hellen!

    ResponderExcluir
  26. Ah compreensão é um processo lento, ainda mais quando os corações não se abrem para tal!

    Querida Hellen, é um prazer estar te acompanhando.

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. De Pequeno ele e você não tem nada..


    Obrigada pela visita no meu cantinho,
    Abraços, Poetíssima #

    ResponderExcluir
  28. .

    Eu estava na página da
    Verinha quando você passou
    e como um perfume eu vim
    preso à sua roupa.

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  29. Olá Hellen, desejo que tudo permaneça bem contigo!
    Nestes tempos de modernidade, as pessoas desejam morar em lugares que tem tudo, assim tornaram não só o corpo preguiçoso, mas também a mente, pois penso que entender a simplicidade dos detalhes da própria vida requer uso do cérebro, e fazer uso de algo que cultua a preguiça, ou a filosofia do prefiro que façam para mim não é das tarefas mais interessantes!
    Parabéns Helen, por sempre postar belos e reflexivos textos, e claro, belas imagens!
    E nem imagina o quão contente fico por receber tuas sempre gentis e carinhosas visitas e comentários, assim eu encantado desejo a você e todos ao redor intensa felicidade, grande abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  30. Hellen,
    Este livro me lembra a adolescência.
    A frase da imagem, então, nunca me saiu do pensamento: "O essencial é invisível aos olhos". O que acontece é que não temos olhos de ver.
    O essencial fica invisível. olhamos o todo e não percebemos o detalhe, a essência, o real significado.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  31. Esse livro há que ser lido com frequência, para que não nos esqueçamos das sábias lições que apresenta. Nossos olhos nem sempre estão atentos à verdade, infelizmente. E as crianças não têm qualquer dificuldade para identificá-la.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  32. Tem tanta coisa que a gente pode aprender lendo o pequeno príncipe, e essa é mais uma lição que devemos levar pra vida toda....

    Olhemos para as coisas com os olhos inocentes de uma criança...Assim veremos a verdade das coisas...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  33. É... A gente complica muito as coisas... Precisamos da simplicidade das crianças para olhar as coisas, olhar a vida.

    Amei teu espaço! Obrigada por ter visitado o meu blog, apareça lá quando quiser! Já estou seguindo o teu...

    Bjs

    ResponderExcluir
  34. Bacana isso

    Hei, seu blog é concorrido heim
    kk
    !!

    ResponderExcluir
  35. Ah, se todos sentissem o que o principezinho sentia, acho que o mundo seria um lugar cheinho de sentimentos bons!!

    Sabes que eu ia adorar, né? eheh

    Beijos e queijos!!

    ResponderExcluir
  36. O Principezinho deveria ser o livro de cabeceira de todos os adultos sérios e bem formados que esqueceram o sonho de ser criança.
    Sou , parece-me, parecida contigo.
    O meu pensamento viaja e recuso-me a lançar amarras.
    Vem visitar-me. Quem sabe não vamos gostar de viajar juntas?
    Beijos, Nina

    ResponderExcluir
  37. Que trecho lindo vc postou aqui! Tenho o livro em casa e nunca o li, sempre adiei a leitura, mas agora vc despertou em mim a vontade de achá-lo aqui e começar a leitura!

    ResponderExcluir
  38. Para quem não entende... nenhuma explicação é suficiente!

    ResponderExcluir
  39. нєllєи Cαяoliиє, minha querida amiga. De fato o essencial é invisível aos olhos. Não damos o menor valor a riqueza que está a nossa disposição. Parece que vivemos no "automático", não é?
    Adorei a postagem.
    Uma beijoca muito carinhosa.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  40. Linda! A postagem e você...

    Grande beijo!!

    ResponderExcluir
  41. muito fofo o seu blog. o pequeno príncipe a nos encantar e a nos maravilhar. muito bonito o seu blog.

    abraços!

    ResponderExcluir
  42. As pessoas tem mania de complicar as coisas.E elas as vezes são tão simples,tão visíveis,no entanto muitos não enxergam ou simplesmente tapam os olhos...

    Beijos linda!

    ResponderExcluir
  43. Hellen,


    Que dizer do pequeno Principe ?
    Simplesmente lindo , sábio e doce ...


    Bjo de Boa Semana.

    ResponderExcluir
  44. querida, por enro nenhum plano em publicar no meu outro blog. muito obrigado pela visita, atenção, palavras. também estou seguindo o seu blog. beijo.

    ResponderExcluir
  45. E infelizmente queremos cada vez complicar mais as coisas!

    Beijos flor!
    Ótima noite! :)

    ResponderExcluir
  46. Oi,Hellen!Fui ler esse livro tem pouco tempo é o livro de miss como eu digo.Toda miss que se preze já leu pequeno príncipe,mas com certeza é um livro ótimo e deve ser relido inúmeras vezes, pois tem muito a nos ensinar.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  47. Era a parte que mais gostava no livro.
    Ficava refletindo sobre aquilo.
    As crianças tem a verdade apontada como um dardo.
    Os adultos a utopia de saber tudo.
    A d o r e i!

    Beijinho lindona.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  48. Oi querida...esse livro deveria ser leitura obrigatória...temos muito que aprender com as crianças...bjks

    ResponderExcluir
  49. Clássico..lindo e triste..
    adoro esse livro..

    ResponderExcluir
  50. essas pessoas grandes são
    tão complicadas hum...

    flôr...ótima semana
    bjs meus
    (nate)

    ResponderExcluir
  51. Tem selinho pro seu blog! Passa la pra pegar http://sacerdotisa-gotica.blogspot.com/2011/05/selinhos_24.html

    BeijoS NegroS^^

    ResponderExcluir
  52. Cont...
    As pessoas grandes aconselharam-me deixar de lado os desenhos de jibóias abertas ou fechada, e dedicar-me de preferencia a geografia, à história, ao cáuculo, a gramática. Foi assim que abandonei aos seis anos, uma esplêndida carreira de pintor.

    A licão? Nunca desencoraje uma pessoa a tentar percorrer seus caminhos.
    É isso.
    Uma bela lição.

    Lindo dia pra você querida!
    Beijo.
    Ah, tenho o livro. Muito lindo.

    ResponderExcluir

Photobucket Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Antoine de Saint-Exupéry