.

"Quem dera se por um descuido, Deus te fizesse eterno..."

quarta-feira, 25 de maio de 2011


'Refugiei-me na doideira porque a razão não me bastava.'
Clarice Lispector


Ps: Recebi um convite para postar "Contos" escritos por mim de vez em quando no blog Angels Of Night passem lá para conferir,vão gostar :)

44 comentários:

  1. E nada melhor do que cometer algumas insanidades de vez em quando,,,faz parte da vida,,,grande beijo de bom dia pra ti querida...

    ResponderExcluir
  2. De louco e de santo todo mundo tem um pouco!


    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  3. Florzinha,
    como disse uma vez Elis Regina "Alguma loucura é fundamental." Adoro gente louca como eu! rsrs
    O normal é cansativo demais!!!
    Boa quarta pra vc, bjo gigante ;)

    ResponderExcluir
  4. Adoro contos..já vou lá conferir!! =)

    ResponderExcluir
  5. de tudo um poucO é bem melhor
    eim moça? risos

    meus bjs linda
    ótima semana
    (nate)

    ResponderExcluir
  6. Pois é amiga, já que todo mundo me chama de doida mesmo que acho uqe vou me aproveitar melhor disso...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  7. HELLEN,
    DE FATO TODOS TEMOS UM POUCO DE LOUCURA, INSTANTES DE DESEQUILÍBRIO. MAS DAÍ A REFUGIAR-SE NELA JÁ É OUTRA COISA.
    CREIO QUE SE A RAZÃO NÃO BASTA TEMOS QUE PROCURAR ALGO ALÉM DELA E NÃO FUGIR.
    BEIJO.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia!
    Passando para uma visita e amando a frase do iníco do seu blog sobre a liberdade.
    Saudações,
    Carla

    ResponderExcluir
  9. Nem sempre a razão basta mesmo!
    Grande Clarice!

    ResponderExcluir
  10. Hellenzinha, tá ficando chic, heim?! Vou lá dar uma conferida.
    Bjim

    ResponderExcluir
  11. E nos ataques de loucura me sinto até mais feliz. Pois ela me conforta, o que a lucidez não faz tão bem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pela postagem la no Angels of Night! Adorei o conto. Muito belo mesmo!


    BeijoS NegroS^^

    ResponderExcluir
  13. Adoro Clarice!
    Linda postagem por aqui tbm!

    ^^

    ResponderExcluir
  14. Clarice... gosto muito....

    É nas loucuras da vida que percebemos quando temos razão

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Essa frase está bem nos moldes do Blog Confissões Insanas.

    Amei...

    Bjkas

    ResponderExcluir
  16. Sem um pouco de loucura não há como viver a vida... A lucidez do cotidiano perturba, às vezes... Doces loucuras para refugiar-se são mais que esperadas. Bela postagem!

    Bjão!!!!

    ResponderExcluir
  17. e clarice desenha meus pensamentos
    enquanto você faz arte minha tarde
    cor de sol

    beijos,
    do menino-homem

    vou ler seus contos...

    fique com Deus!

    carinho!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Ah quantas vezes fiz isso menina! Rsss.
    Hellen, eu quero!
    Vou no dia 15 de junho, mas dará tempo? Se for possível será uma honra.

    Beijo linda e obrigada!
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  20. A frase, a foto e o blog, tudo muito lindo.

    ResponderExcluir
  21. Clarice, sempre maravilhosa. Na "doideira" pode haver muita sanidade.
    Vou lá xeretar (rss).
    Bjs.

    ResponderExcluir
  22. A RAZÃO NÃO TEM BRAÇOS SUFICIENTES PARA SEGURAR O TANTO DE EMOÇÃO A VIDA EXIGE PARA SER BEM VIVIDA!
    Bjo,querida.

    ResponderExcluir
  23. E mesmo nessa doideira Clarice era um mundo de sensatez em suas palavras!

    Hellen, minha querida, beijo grande pra ti!!

    ResponderExcluir
  24. Seu blog é lindo!
    Visite o meu e se gostar passe a seguir.
    Aqui:
    http://umalampadaacesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Predileciono a loucura, embora a umedeça com um pouco de razão. É a parcimônia do viver.

    ResponderExcluir
  26. A razão, as vezes, não basta mesmo!

    bjs amarelos rsrs...

    Cat

    ResponderExcluir
  27. to meia assim hoje, beijos florzinha!

    ResponderExcluir
  28. Este é um mundo de doidos que só com alguma dose de loucura pode ser entendível!

    ResponderExcluir
  29. vim agradecer ,gostei tanto do seu cometário , obrigadada pelas palavras , de verdade !

    Beijo Grandeee !

    ResponderExcluir
  30. Nossa, é preciso um pouco de loucura para viver sem pirar! rs :) beijos!

    ResponderExcluir
  31. As vezes a loucura tem suas vantagens, já que a razão não cobre por tudo.
    Hellen estou muito feliz de vir no teu blog, agora mais que nunca, pois está tocando uma música que eu ouvia na melhor época da minha vida, e eu não tinha o nome dela. E agora fui no teu display ver é a do Five for fighting *-------------------*

    Obrigada sempre por teu carinho no meu blog, e eu sou fãzona de Enya, o próximo post terá a música Wild Child dela, é perfeita *-* Espero que goste.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Hellen
    Pensamento sábio nos dias atuais. Ser louca para tentar obter sanidade e enfrentar as loucuras desse mundão de Deus. Amei a imagem! A maior paixão da minha vida chama-se MAR!
    Bjkas com muito carinho!

    ResponderExcluir
  33. A sanidade as vezes não é a melhor opção! Rsrsrs...

    Beijos Florzinha!!!

    ResponderExcluir
  34. Hellen meu anjo,obrigado novamente pela visita no meu cantinho e o lindo comentário. Ademir e Luiza mandaram-te agradecer, bem como um enorme beijo. Lindo dia querida, beijocas. Ricardo Steil.

    ResponderExcluir
  35. Beijos de bom dia pra ti querida amiga.

    ResponderExcluir
  36. De vez em quando é bom esquecermos a razão e agirmos de forma maluca...
    Beijinhos grandes...

    ResponderExcluir
  37. Hellen,


    Sou tão Clarice, mas tão razão, eu preciso da doideira!

    Sempre com lindos posts!


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  38. Sou tão preenchida pelas palavras de Clarice.
    "Todo paraíso precisa de um pouquinho do inferno", então toda razão precisa de um pouquinho da loucura.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  39. Amo este pensamento da Clarice.
    Sempre divina, minha diva Lispector.

    ResponderExcluir

Photobucket Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Antoine de Saint-Exupéry