.

"Quem dera se por um descuido, Deus te fizesse eterno..."

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

A bagunça das palavras...


Toda vez que vou escrever aqui,ou quando sinto essa vontade, eu passo em pelo menos uns 5 blogs para me perder nas palavras e nos sentimentos que as pessoas despejam... 
É uma sensação tão diferente, me sinto no meio da bagunça de cada pessoa que leio,posso sentir quase a mesma coisa que ela sentiu quando escreveu. É um mundo paralelo que você se vê como o personagem principal e aí fica se perguntando "porquê" quando o desfecho vira para um lado totalmente oposto.
No entanto, passo pelo mundo de palavras dessas pessoas, para tentar organizar o meu e então decidir o que quero enfim escrever, mas me misturo ainda mais onde era para organizar... 
Fico pensando em tantos assuntos e tantos sentimentos sambam aqui dentro.
A verdade é que hoje eu só queria não escrever nada,com metade de mim explodindo para escrever um universo  inteiro de palavras... é que quando coloco o sentimento em palavras,é como se eu definisse o que estou sentindo,e muitas vezes sentir um TUDO é por vezes melhor do que defini-lo em um só.
As vezes só precisamos de alguém que nos abrace e diga "Eu sei exatamente o que você está sentindo"
(Hellen C)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Antoine de Saint-Exupéry